Indra e Yohanna – a poética do encontro

Sinopse

Esta parece uma cidade igual a tantas outras… as ruas, os prédios, as paragens de autocarros, os murais que mais parecem mostruários de arte urbana, as árvores acompanham o caminho e as pedras da calçada bailarinas que contam histórias.

Nesta cidade, que parece igual a tantas outras, vive o Indra. Um dia o inesperado acontece, encontra uma menina de cabelos longos cheios de ondas rodopios e vestidos floridos. Esta menina, Yohanna, traz ao Indra a vontade de viver uma aventura fascinante em que a poética do encontro é a chave.

 

Apresentação do projeto

Enquadramento do projeto:

O projeto “Indra e Yohanna – a poética do encontro” é um projeto voluntário e de cariz social que foi desenhado para criar uma ponte entre crianças/jovens de vários locais de Portugal, Cabo Verde e Timor (aberto a outras parcerias) partilhando boas práticas e também promover o intercâmbio cultural.

Os principais objetivos deste projeto são: criar um espaço e tempo de aprendizagem e estimulação de relações interpessoais; incentivar a criatividade através de diversas propostas e desafios, criar uma rede de partilha de boas práticas e experiências; incentivar a proatividade e cocriação.

O projeto parte de um livro inacabado que convida os leitores a fazem uma viagem ao mundo de duas personagens (Indra e Yohanna) que se cruzam e vivem uma aventura emocionante nesta poética do encontro. A história ganha vida e são desenvolvidos vários desafios para serem trabalhados nesta rede de partilha.

 

A proposta do MOSAICO:

O MOSAICO propõe um trabalho de construção de uma rede com os vários parceiros, nacionais e internacionais, para desenvolvimento de um projeto comum, mas adaptado a cada realidade.

Cada local recetor do projeto terá a supervisão da equipa do MOSAICO que auxiliará a criar estratégias de implementação.

O projeto consta:

– um livro em construção que pode ser trabalhado individualmente ou em grupo;

– vídeos com propostas e desafios;

– sessões online;

– mentoria;

– plataforma online com a partilha do trabalho desenvolvido em cada local e divulgação nas diversas redes sociais;

– mostra final dos resultados do projeto.

 

Apresentação do livro:

“Indra e Yohanna – a poética do encontro” é um LIVRO EM CONSTRUÇÃO que surge como uma metáfora à necessidade da criança/jovem aprender a construir o seu projeto de vida, ser autodeterminada, seguir os seus sonhos e objetivos, mantendo a capacidade de perseverança e proatividade de uma forma criativa e artística. Não só é usada esta metáfora de construção do projeto de vida pessoal, mas também a metáfora de construção de uma relação… ela precisa de tempo, dedicação, cuidado, entrega, criatividade, arte… poética!

A partir do conto original e ilustrações, a criança/jovem reconstrói a sua própria história desenvolvendo atividades incorporadas e sugeridas ao longo do livro. Estas atividades estimulam a escrita criativa, a pintura, o desenho, a motricidade fina, a perceção e construção visuoespacial e as competências linguísticas necessárias para a leitura e escrita.

O livro é uma metáfora da construção da sua história em relação com o outro e com o mundo, as suas escolhas, opções e decisões… Através das atividades sugeridas, as crianças/jovens, vão vivenciando através da realização das mesmas o poder das suas ações como principal construtor do seu caminho de vida.

A metodologia do livro é complementada com a realização de workshops
vivenciais, educativos e artísticos desenvolvidos com crianças, famílias, professores e comunidade envolvente e formação prática de
agentes educativos.

O livro será apresentado também em formato acessível para pessoas com necessidades especiais.

 

Ficha TécnicaParticipação especialParceiros

Conceito: Ana Caridade

 

Projeto

Produção: MOSAICO

Dinamização do projeto: Equipa MOSAICO

Associação: MUSA – Associação Cultural e Intervenção Social

Design de comunicação: Whatdesign

 

Livro

Texto: Ana Caridade

Ilustração: Carla Monteiro

Designer e paginação: Whatdesign

 

Agrupamentos de Escolas:

  • Abação, Abel Salazar, Fernando Távora, João de Meira (Guimarães)
  • André Soares, D. Maria II, Trigal Santa Maria (Braga)
  • Delegação Escolar da Ribeira Grande de Santiago

Instituições/Organismos

  • Plano Nacional de Leitura de Cabo Verde
  • ALAIM – Academia de Artes Integradas do Mindelo (Cabo Verde)
  • Biblioteca Municipal de Vila Verde

Agrupamento de Escolas de Abação

Whatdesign

Apoio: Município de Guimarães, Município de Vila Verde, Direção Regional da Cultura do Norte

 

Lançamento do livro na sede do Agrupamento de Escolas de Abação – Guimarães a 21 de novembro de 2020

Foi no dia 21 de novembro…
Este é um livro em construção. É uma viagem ao mundo das relações humanas. É um Encontro entre duas crianças que nos mostram a verdade de um Encontro…
A poética do Encontro!

Projeto “Uma Imagem…uma História!” – Agrupamentos de Escolas de Abação – Guimarães – projeto introdutório ao lançamento do livro

Este projeto nasceu de uma parceria entre a Equipa da Biblioteca Escolar, Departamento de Expressões; Departamento de Línguas e SPO e da necessidade de desenvolver a Escrita Criativa.
Segundo vários estudos científicos apresentados, está cientificamente comprovado que a Escrita Criativa permite, através de exercícios práticos de escrita automática e espontânea, estimular a inteligência emocional e fazer com que cada indivíduo estimule os dois hemisférios do cérebro ao mesmo tempo. Ao estimular esse tipo de inteligência, o ser humano é capaz de ser mais criativo, dinâmico e concentrado e inovador em qualquer área da sua vida. A Escrita Criativa não pretende formar Escritores, mas pretende fomentar a concentração, estimular a criatividade , libertar a imaginação e enriquecer o vocabulário.
Assim, a partir de imagens selecionadas, todos os alunos do 3º e 4º anos, uma a duas vezes por período, criam uma história e desenham o pormenor da imagem que mais os chama à atenção. O objetivo é observar, ao longo do ano, a evolução dos alunos ao nível do enriquecimento vocabular, da concentração e da criatividade.
As primeiras sessões do projeto foram usadas as ilustrações do livro “Indra e Yohanna – a poética do encontro”.
EB1 de Calvos 
EB1 de S. Faustino
Exemplo de uma sessão dinamizada pela Dra. Sara Brandão psicóloga do CPO do Agrupamento de Escolas de Abação.
Lançamento do livro 
No âmbito do Com(P)artilha, projeto que funde a educação, arte e intervenção social visando um intercâmbio entre os países irmãos (Portugal, Cabo Verde e Timor), a Delegada Escolar de Ribeira Grande de Santiago, Dra Ernestina Rocha, foi recebida na sede do Agrupamentos de Escolas de Abação e foi feito o lançamento do livro “Indra e Yohanna – a poética do encontro” (texto: Ana Caridade, ilustração: Carla Monteiro, design: Whatdesign).

Foi formalizado o desafio feito pela Biblioteca Escolar do Agrupamento de Abação, conjuntamente com a Câmara Municipal de Guimarães, aos Agrupamentos de Escolas de Guimarães. Os Agrupamento de Escolas Professor Abel Salazar – Ronfe, Agrupamento Fernando Távora e Agrupamento João de Meira, parceiros que apadrinharam os Agrupamentos de Ribeira Grande de Santiago, estiveram representados pelos seus coordenadores.
Estiveram presentes os representantes do Município de Guimarães e Coordenador da Rede de Bibliotecas Escolares, Rui Festa.

O Agrupamento de Escolas de Abação acolheu de forma exemplar o lançamento do livro e foram criados momentos de pura magia… a Inácia Cruz fez a sessão de contos e a Carla Branco acompanhou criando ambientes musicais.

Agradecimento especial a todos os parceiros do projeto que nos apoiam e nos ajudam a acreditar que a Cooperação faz sentido e podemos contribuir para atingir os objetivos do desenvolvimento sustentável. Agradecimento especial ao Agrupamento de Escolas de Abação por querer inovar e contribuir para deixar exemplos de boas práticas.

Mudar a Educação é estar dentro do sistema a deixar sementes deixando de olhar para o pequeno umbigo e trabalho individual e abrir a visão para o global e trabalho colaborativo.

Relançamento do projeto pós primeiro confinamento – Janeiro de 2020

Apresentação de um exemplo de exploração do livro pela professora Isabel Monteiro (professora Bibliotecária), pela aluna Rita Brandão Faria (2ºano) e pela sua mãe Vitaliana Brandão do Agrupamento de Escolas de Abação – Guimarães.